Liga da Justiça- resenha do filme

cubeNo filme da DC, Liga da Justiça, os super-heróis se uniram para salvar a terra… É um filme de distração, sem apelativos para a malícia e com boa dose de humor, além de muita ação, é claro. Mas, há uma mensagem subliminar nele que vale a pena conhecer.

Na verdade, tal mensagem está em praticamente todos os filmes de personagens de gibi, especialmente da DC. Isto por que tais personagens foram criados justamente como novos deuses, em substituição aos deuses mitológicos do mundo antigo (gregos, egípcios, etc).É bom saber que, enquanto que estes eram literalmente adorados pelos pagãos, os novos deuses não o são, pois nossa sociedade sabe diferenciar fatos de imaginação. Por outro lado, estamos imersos em mensagens ocultas, como veremos.

Esoterismo

O primeiro ponto que chama a atenção nas entrelinhas do filme é o ocultismo ali presente. Na narrativa, o grande vilão (Lobo da Estepe) quer se apoderar de 3 cubos que estão escondidos em locais diferentes do planeta. Tais cubos, quando juntos, tem o poder de criar a vida, porém um poder maligno. Todos estes símbolos estão muito presentes no esoterismo, a começar pelo cubo que é um símbolo maçom, da rosa-cruz e da cabala. Há inclusive uma lenda esotérica que fala da união de três cubos no fim da história, representando céu, terra e inferno. Na lenda, os demônios serão libertos do inferno, quando isso ocorrer. Santo Ambrósio (sec. IV) também nos lembra, em seu livro Dos deveres dos clérigos, que os filósofos antigos falavam que o mundo estava dividido em três deuses: do mar, do céu e das profundezas.

O vilão do filme – Lobo da Estepe-  é um ser que lembra a imagem arquetípica que temos do demônio, mais precisamente semelhante ao demônio Baphomet, cultuado pelos satanistas e cujo símbolo é um hexagrama, que, por sua vez, nos contorcionismos simbólicos dos esotéricos (que doem em qualquer um que use um pouco mais de lógica) é de certa forma a figura também do cubo.

Cristianismo

Além do esoterismo, o filme, pelo meu ponto de vista, também traz uma crítica ao cristianismo. Em um outro texto, eu mostrei a ideia por trás do filme superman vs batman (ver aqui). A liga da justiça é uma continuação daquele filme, acontecendo aqui a ressurreição do Super-Homem, feita pelo poder do cubo (como Deus ressuscitou Jesus dos mortos).

E quando os três cubos se fundem, são literalmente louvados pelo Lobo da estepe, como em um culto. Pareceu-me claro que os três cubos são uma paródia à Trindade. Eles deram a vida de volta ao Super-homem (como eu disse na outra resenha, o Super-homem é comparado à figura de Jesus), mas geram o mal e não o bem. Por fim, os três cubos são destruídos e a terra está livre desta força.

É bom saber que filmes passatempo não são tão inocentes assim.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>