Jesus nasceu mesmo no dia 25/12?

child-jesusAinda crianças, ouvimos que o natal é no dia 25 de dezembro, data do nascimento de Cristo. Crescemos e logo ouvimos que não foi bem assim, que esta não é a data certa. Esta nova “descoberta”, que vem colocando dúvidas desde o século 17, foi tão bem divulgada que mesmo muitos padres acham que realmente a data é fictícia. Será?

O que segue é uma resenha que faço do ótimo livro God’s birthday ( aniversário de Deus) do teólogo e apologista americano Taylor Marshall, que expõe muito bem para nós esta questão.

No livro, o autor apresenta os principais argumentos dos que dizem que Jesus não nasceu no dia 25, pois, segundo alguns, 1) a data foi utilizada pelos cristão em substituição às festas Saturnalias, celebradas pelos antigos romanos e também 2)  a data foi tomada pelos cristãos de uma data pagã, a celebração do solis invictus (sol invencível) que os romanos celebravam no dia 25/12.

Para cada uma destas ideias Taylor tem uma resposta convincente:

1) As festas Saturnalinas eram celebradas entre o 17 e o 22 de dezembro e não no dia 25

2) Em vez dos cristãos terem tomada a data do dia 25 do deus sol, foi justamente o contrário. Somente no ano 354 o Imperador Juliano, o Apóstata, que recebeu este título justamente por negar a fé cristã e passar a persegui-la, oficializou no dia 25/12 a festa do Sol invictus, justamente com a intenção de tirar o foco da celebração cristã. Ora, os cristãos já vinham celebrando oficialmente o natal desde o século II. O Papa Telesforus (126-137) já fala de uma missa de vigília neste dia. Outros escritores antigos também falam desta data: Teófilo (115-181), Santo Hipólito (170-240). Detalhe, estes autores falam em um tempo que o cristianismo ainda não era aceito pelo Império, mas perseguido.

Quem não aceita a data do dia 25 diz se basear no historiador antigo Flávio Josefo, a partir da data que ele dá para o rei Herodes, contemporâneo de Jesus. Ora, este historiador tem vários erros cronológicos em seu texto, inclusive duas datas contraditórias para Herodes.

Alguns pontos ainda muito importantes sobre o dia 25/12:

– a data do nascimento de Cristo é comprovada a partir do nascimento de João Batista, que o Anjo Gabriel disse ser 6 meses mais velho do que Jesus (cf Lc 1,24-27.36). Ora, Zacarias, seu pai, fazia as funções sacerdotais no fim de setembro, quando ouviu do anjo que teria um filho. Assim, São João foi concebido no fim de setembro e nasceu em 24/06. Jesus foi concebido em 25/03, seis meses depois de João, e nasceu em 25/12.

– algo a se pensar: por acaso Maria não teria guardado a data do nascimento de seu Filho, que é o Filho de Deus? Ela não teria passado esta informação aos Apóstolos, que por sua vez, não teriam passado adiante?

Como se vê, os cristãos sempre celebraram o natal no dia 25/12. Um imperador apóstata tentou mudar isso no século IV, dúvidas foram levantadas no século XVII e, de lá para cá, tem ganhado ar de descoberta científica. Mas, na verdade, são usadas por alguns para tentar minar a verdade histórica do cristianismo, como se esse fosse um mito. A verdade, porém, é que nossa fé é muito bem fundamentada.

Pe. Silvio, MIC

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>