“Só” 18 bilhões

soros2Esse é o valor que o megainvestidor, George Soros, destinou este ano para sua Fundação chamada Open Society. Valor que se soma aos 11 bilhões que ele já havia doado ao longo dos últimos anos a esta mesma Fundação. E o que faz a Open Society, que está se tornando uma das maiores Fundações do mundo, (no nível das poderosas Fundação Ford, Rockfeller, Bill Gates e algumas outras)?

Assim como suas primas bilionárias, a Open Society trabalha para impor a ideologia da Nova Ordem Mundial no mundo, ou seja, derrubar os valores cristãos da sociedade ocidental, promovendo a ideologia de gênero, aborto, feminismo, suicídio, mudança do conceito de família, etc. 

Para tanto, a sua Fundação financia diversos projetos nas universidades, apoia as ONGs esquerdistas e age para eleger os políticos que lhes apraz (Soros investiu muito para tentar eleger a Hillary Clinton, o que não deu certo), com o intuito de mudar lei nos países.

As ações de Soros acontecem a nível mundial, atingindo diversos países. Uma das suas últimas tentativas foi financiar a legalização do aborto na Irlanda, país que sempre foi muito católico. Com isso, ele objetiva atacar a legislação de outros países, inclusive a Polônia. Segundo o wikileaks, sua Fundação também tinha planos de infiltrar pessoas em postos chaves da Igreja. É público que a Open Society financia duas organizações que tentam se passar por católicas, a Católicas pelo Direito de Decidir (que promove o aborto) e a Católicos em Aliança pelo Bem Comum, que promove ideias socialistas.

No entanto, apesar de todo poder econômico, forças estão se levantando contra o império de Soros. Na Macedônia e Hungria criou-se um movimento para expulsar sua Fundação daquelas sociedades. Os cristãos acreditam que a força da verdade e o poder de Deus é maior do que o poder do dinheiro desta gente. Olhando pelo prisma meramente financeiro, não temos nada que chegue aos pés destas Fundações. Mas, por uma visão mais ampla, há uma Instituição que lhes supera em tudo (menos no dinheiro): a Igreja. A Igreja está em todos os países do mundo, tem acesso a todas as camadas sociais e conta com milhões de agentes multiplicadores. Não por acaso eles temem a Igreja e querem controla-la (já que destruí-la sabem que não dá). Mas falta o gigante (a Igreja) acordar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>